Junta-te a nós!
Este clube está disponivel para os alunos da Escola Básica de Aranguez
Conhecer a escola
Coordenador do projeto

Pedro Fragoso

Professor de Ed. Musical

pedrofragoso@aesgama.pt

Segue o Scratch & Melodrone nas redes sociais

     

Contactos do Scratch & Melodrone
Entre em contacto com o Scratch & Melodrone através dos seguintes endereços:
  • Rua do Mirante - EB Aranguez
  • Scratch & Melodrone
  • projetomelodrone@gmail.com

Scratch & Melodrone

Deixa a imaginação voar…

Este projeto fomenta a prática da linguagem por blocos em Scratch.

Com duas vertentes, o projeto centra-se na música e movimento de drones e em projetos curriculares de animação em ambiente scratch. Numa vertente, os alunos desenvolvem os seus projetos scratch no âmbito dos seus planos curriculares, abordando vários temas, quer em grupo, quer individualmente. Realizam ainda atividades de monitorização junto de outros colegas, numa disseminação desta linguagem.

Noutra vertente, o trabalho musical decorre alicerçado na linguagem de programação. Assim, depois de analisadas peças musicais, nas suas componentes de Dinâmica, Forma, Timbre, Altura e Duração sonoras, são realizados planos de voo para drones. Através da programação de drones em “tynker”, tendo em conta a análise musical, realizam-se audições programadas patentes no esquema de movimento coreográfico dos aparelhos.

Este tipo de atividade decorre por grupos de alunos que abordam vários temas musicais, de vários géneros, culminando com apresentações à comunidade.

Reportagem RTP - Os desafios na era digital

Inscrições

Junta-te a nós! Preenche o formulário abaixo para te inscreveres no Scratch & Melodrone

Informações

  • Desmotivação e consequente insucesso escolar.
  • Insuficiente fluência tecnológica.
  • Organização e perceção das diversas etapas de um projeto.
  • Dificuldade na consolidação e apropriação de conteúdos nas diferentes áreas curriculares.
  • Motivar os alunos através de uma estratégia assente na dinâmica de trabalho de projeto.
  • Promover o desenvolvimento da fluência tecnológica de forma global e integrada.
  • Promover a utilização de ferramentas que colocam o aluno como construtor de recursos digitais, aprendendo mais e melhor durante o processo de criação.
  • Rentabilizar o potencial educativo de dispositivos digitais de pequeno porte (tablets, smartphones) e que, embora sejam utilizados frequentemente pelos alunos, não são explorados em contexto escolar.
  • Promover o desenvolvimento da competência de resolução de problemas e de comunicação, com recurso às tecnologias da informação e comunicação.
  • Utilizar Tecnologias da Informação e Comunicação, no âmbito da investigação e comunicação em contexto escolar.
  • Analisar e editar digitalmente temas musicais percecionando a sua forma.
  • Dominar técnicas de trabalho no âmbito das metodologias de estudo de caso, de jogo
    de papéis, de resolução de problemas e de projecto.
  • Divulgar e explorar o ambiente gráfico de programação Scratch e o seu potencial educativo.
  • Explorar as potencialidades de drones e programação em ambientes sonoros.