Professora da ES Sebastião da Gama ganhou o concurso “Pegada Ecológica”

Rosália Santos, professora na Escola Secundária Sebastião da Gama, venceu o concurso “Pegada Ecológica”, de promoção de ideias e projetos de sensibilização ambiental, dirigido a docentes e alunos do ensino básico de Setúbal.

 

O concurso, dinamizado pela ESE-IPS em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, com financiamento europeu no âmbito do programa PO SEUR, procura e premeia projetos inovadores e ilustrativos no âmbito das alterações climáticas.

Focado na temática da pegada ecológica, a iniciativa desafiou as equipas concorrentes a apresentar propostas que respondam da melhor forma a questões relacionadas, por exemplo, com o impacte para o planeta gerado pelo vestuário e alimentação de cada pessoa ou como é que ações, individuais e coletivas, podem restaurar o equilíbrio dos ecossistemas que sustentam a vida na Terra.

Rosália Santos, que no ano letivo passado, altura em que decorreu o concurso, era docente do 3.º ciclo do ensino básico na Escola Secundária Sebastião da Gama, foi a concurso com um projeto desenvolvido pelos alunos das turmas de 8.º ano.

O projeto vencedor contemplou ainda ações desenvolvidas em dez disciplinas do currículo, dinamizadas por 15 docentes e por parceiros internos, como a biblioteca escolar, e externos, do tecido empresarial envolvente, ADP e Mediamark, Emepoc, Museu Oceanográfico Luiz Saldanha, MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente e Centro de Formação Desportiva de Atividades Náuticas de Setúbal.

O prémio do concurso “Pegada Ecológica”, cem euros em cartão Fnac, foi entregue a Rosália Santos no dia 11 pela vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de Setúbal, Carla Guerreiro, e pelo professor Pedro Felício, da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal.

Fonte: Município de Setúbal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *